domingo, 12 de fevereiro de 2012

Acabar com a Celulite???

Para acabar com a celulite, que é um dos maiores pesadelos das mulheres, você precisa descobrir o seu tipo primeiro, para só depois escolher o tratamento mais indicado e eficaz.


Saiba qual a opinião dos especialistas sobre a terrível celulite


O impacto da celulite na auto-estima e na qualidade de vida é tanto que cerca de 400 médicos se reuniram no II Simpósio Internacional de Celulite. Em dois dias, eles discutiram estudos científicos e questionaram o que realmente funciona para acabar ou, pelo menos, melhorar o problema. “É importante que as pacientes saibam que não existem métodos milagrosos. Como a celulite tem várias causas, tratá-la exige uma abordagem multidisciplinar”, avisa a dermatologista Dóris Hexsel, do Centro Brasileiro de Estudos em Dermatologia, em Porto Alegre, organizador do evento. Isso significa que, além de adotar um programa de alimentação equilibrada e, de preferência, ter uma rotina regular de atividade física, os médicos acreditam que a melhor saída dentro dos consultórios e das clínicas é combinar dois ou mais tratamentos estéticos.


Tratamentos para celulite com flacidez

O relevo do bumbum e das pernas pode ficar mais irregular se eles estiverem flácidos. Por causa da gravidade, a região sem tonicidade ganha um aspecto drapeado quando ficamos em pé. Você tem certeza de que se trata de falta de firmeza quando puxa a pele do quadril para cima e os furinhos desaparecem. Aposte em:

Velashape: é o atual queridinho dos dermatologistas, pois une no mesmo equipamento três tecnologias: radiofreqüência, raios infravermelhos e manipulação mecânica. As duas primeiras agem na flacidez (uma de forma mais profunda e a outra superficialmente). A massagem é feita por rolos de sucção que melhoram a circulação, diminuindo o inchaço. Estudo apresentado pelo dermatologista espanhol Iñigo de Felipe comparou três grupos de mulheres: um fez apenas o tratamento estético com esse aparelho, o segundo seguiu uma dieta e praticou exercícios e o terceiro combinou cardápio equilibrado, atividade física e tratamento estético. O último grupo mostrou a melhor porcentagem de perda de peso, além de maior satisfação com o resultado. Isso quer dizer que o efeito do tratamento estético é potencializado quando a paciente segue um estilo de vida saudável.

Radiofreqüência:
existem dois aparelhos com essa tecnologia, o Accent e o Thermacool. Ambos agem de maneira similar, pois são capazes de tensionar as fibras de colágeno, deixando a pele mais firme. “Funciona muito bem para levantar o bumbum”, acredita Guilherme de Almeida, dermatologista do Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo. Além disso, quando a pele está menos flácida, ela forma uma barreira que consegue conter melhor as ondulações formadas pelo depósito de gordura.

Carboxiterapia: ela está na maioria das clínicas com o apelo de romper as células de gordura que agravam o aspecto da celulite. “Falta unanimidade científica sobre esse efeito. Entretanto, há evidências de que a carboxiterapia age sobre a síntese de colágeno, deixando a pele mais firme”, diz Fabiana França Wanick, dermatologista do Rio de Janeiro. Esse benefício, por si só, justifica o tratamento da celulite associada à flacidez. O gás carbônico que é injetado sob a pele através de uma agulha estimula a formação de colágeno. Ele, por sua vez, aumenta a firmeza da camada superficial da pele.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário